teste

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Oak and Doutrinador on inequality

L.Oak's last piece in the "Leaf" at least is based on some serious study on inequality. But it lacks thrust, it is sort of boring and does not advance any interesting new thoughts (though that may be a plus in her case).


My two cents: being obsessed with the income of the top 1% is wrong (I had breakfast with Aghion the other day and we were both kind of puzzled by the 1% mania that has taken hold).


It would be better to shift the discussion to mechanisms because that is what matters. Why the 1% are doing so much better? Is it because they are being able to secure more rents from cozy relationships, thus harming society, or is it due to a combination of "super star economics" (winner's take it all) + truly global markets. Shouldn't guys like Montanha-de-Açucar get richer more rapidly than our fellow citizen Alex S? Fuck yeah !


In Sweden, GINI is super low but the income of the top 1% is increasing. And there is a lot of competition (meaning no rents or crony capitalism). Why should that be a problem then?


I did not expect L.Oak to discuss these things more deeply, of course, but that is the discussion that matters.

Reações:

15 comentários:

Carlos Eduardo, na boa, você é ridículo. Quer bater na Laura a qualquer custo e até vem com argumento babaca de autoridade. Foda-se que você almoçou com Aghion. Cada vez mais estraga o blog...

Muito bom! Ayn Rand explica a 1% mania: A era da inveja... Eu trocaria the "leaf" por the "sheet", ou melhor ainda: the shit...

A era da inveja:

https://www.youtube.com/watch?v=gaA_nlho6Kw

A lava jato começou como um bom filme de faroeste - mocinhos e bandidos bem definidos (tipo Moro x Lula) - mas acabou virando um tiroteio generalizado entre procuradores políticos juízes empresários jornalistas ....Combate efetivo e duradouro a corrupção tem que vir da redução do Estado; esse tiroteio apenas diminui a taxa de retorno da corrupção futura dado o risco de se levar uma bala.

No próximo encontro com Aghion pergunte sobre o papel da inveja nessa absessão.

O doutrinador = carlos Eduardo ?
De todo modo, gostei do post
Por que defendes Laura, anônimo ? Fraquinha...

Show me your face, lady. Then i show you my teeth.

Kisses

Funny: i said breakfast, you said lunch.

Doutrinador

Ao anônimo babaca de 16:53. Ridículo eh você que se esconde aí . Eu falo publicamente o que penso dos textos da Laura. Já fui inclusive bullied por gente do meu departamento por isso. Portanto, va se fuder.

Não, o O é o Irineu.
O Doutrinador é o Dudu. Os posts dele no Facebook são ótimos, mas os neste blog curiosamente são uma merda...

três pontos:
i) e se a inveja resultar em menor eficiência (dado o sentimento de que o esforço não recompensa)?
ii) o poder econômico dessa elite não irá distorcer o poder político?
iii) realmente, não lhe parece injusto (montanha de açúcar x Alex S)?

abs,
Lucio

Eu conheço uma galera jovem bronzeada e bonita que é bem sintomático sobre o tema
A maioria deles ou trabalha com os pais ou tem sua própria empresa, nesse último caso, também tiveram empurrãozinho do papai, pois não seendividaram nem juntaram capital com o proprio suor.
Essa galera já começa a vida de partida com uns 1 mi de patrimônio. Papai deu o teto de dote no casamento, fora o valor aportado na empresa da cria.
Lembro que a esposa de um, que diga-se não trabalha, outro dia disse ter um gasto familiar total no que deve equivaler a umas 3x o total de custo da baba do seu filho, incluindo encargos. Veja só, 33% do orçamento familiar alocado na criada, certamente não mencionou a parte que o pai cobre nas despesas de casa. Outra disse que vai "completar seu décimo segundo mês de licença maternidade" que só mesmo uma mãe (literalmente, neste caso) daria tal benefício.
E são pessoas que viajam regularmente a turismo, frequentam bons restaurantes, carros um pouco acima da faixa do popular etc.
Meritocracia? Super campeão? Not really!

O ¨Ö¨ não esta no excelente blog SELVA BRASILIS?

Estou feliz com a contribuição que dei para Bill Gates estar no 1%;a utilidade marginal do meu Windows é bem maior do que o preço que paguei.

Nelson Barbosa veio estragar o excelente blog do IBRE defendendo o aumento da carga tributaria ;é um reacionário e conservador!